A expansão digital do brasileiro ocorre nas redes móveis. São mais de 230 milhões de telefones celulares em todo o país, com 58,4% dos aparelhos funcionando na modalidade pré-pago. Mas para boa parte da população brasileira o preço dos pacotes de dados móveis ainda é considerado alto, o que faz com que as pessoas priorizem o uso da internet em ambientes cobertos por WIFI.

A questão é que estas mesmas pessoas saem de casa, vão para as ruas, usam o transporte público e gostariam de poder ter acesso à internet em todos os momentos do seu dia. Levantamentos apontam que 8 de cada 10 brasileiros estouram seus pacotes de dados contratados e que priorizam o seu consumo usando Facebook, Google e serviços de mensagens. Elas não querem gastar seus dados para se relacionar com marcas ou consumir produtos e serviços. Diante disso, a navegação patrocinada, ou brand sponsored data, passou de aposta entre algumas empresas e operadoras de telefonia a certeza que está trazendo resultados incontestáveis. É a onda do mercado mobile.

No setor financeiro, bancos viram suas transações digitais celulares aumentarem exponencialmente após oferecerem navegação gratuita em seus aplicativos móveis. Tal recurso trouxe para os bancos considerável redução de custos, já que uma transação feita via celular é muito mais barata que o atendimento presencial.

Grandes varejistas também alavancaram seu e-commerce com a ajuda da navegação patrocinada. A taxa de conversão no app da Netshoes cresceu 60% após a introdução da navegação gratuita. E ainda, após a iniciativa, a fatia de acesso pelo celular passou de 10% para 46%.

Um levantamento aponta que 92% dos usuários brasileiros de dispositivos móveis aceitariam consumir um produto ou serviço de uma marca desde que não precisem gastar seu pacote de dados e sejam recompensados por isso. 89% das pessoas ouvidas aceitariam assistir a algum vídeo ou interagir com uma marca em troca de pacote de dados. E no Brasil, 22% dos consumidores disseram que já participaram de uma campanha de dados patrocinados.

Com o objetivo de melhorar a experiência do usuário final, facilitar o acesso, a negociação e aumentar o engajamento com a marca, empresas que atuam no mercado de cobrança começam a oferecer este recurso para o setor. A solução para acesso subsidiado a conteúdo web e apps pode ser aplicada para que clientes acessem documentos digitais como boletos e faturas, portais de negociação, chats e negociem suas dívidas.

Se considerarmos que o brasileiro tem 76% de seu consumo de internet realizado via celular, esse tipo de recurso pode trazer resultados significativos para o mercado de cobrança. Na medida em que a navegação patrocinada facilita e estimula o acesso de usuários a portais de negociação, isso traz impactos diretos nas taxas de recuperação de crédito.

É o mercado entendendo os novos perfis dos consumidores, enxergando suas necessidades e oferecendo soluções efetivas para fidelizar seu público e obter o retorno que se espera. Quer saber mais sobre link patrocinado? Entre em contato com a PGMais.