O desenvolvimento tecnológico é o que sempre marcou as revoluções que mudaram o mundo. Marcos como a criação da máquina a vapor, a evolução da indústria química e elétrica, a ampliação das fontes de energia e agora a convergência digital nos colocam em um cenário em que nuvem, internet das coisas, big data e inteligência artificial dominam nossas vidas e transformam para sempre a relação do homem com o trabalho.

Para muitos, o futuro parece amargo quando se olha para o mercado de trabalho e se depara com estudos como do Fórum Econômico Mundial, que dá conta que até 2020 o número de empregos perdidos para a tecnologia pode ultrapassar os 7 milhões. Mas como tudo também é uma questão de enxergarmos mais a metade cheia do copo, podemos (e devemos) deixar o pessimismo de lado e considerar que este mesmo mercado de trabalho já percebeu que a presença da tecnologia não se sustentará se não estiver apoiada nos valores e nas competências humanas.

Se a automação é um processo sem volta, eliminando posições de nível médio e baixo e a Inteligência Artificial será predominante em nossas vidas, também é certo que mais da metade das crianças que hoje estão nas escolas terão empregos que ainda nem existem. Um estudo do Gartner Group dá conta que a Inteligência Artificial deve ajudar a criar milhares de novas posições que exijam habilidades altamente qualificadas e nível de gerenciamento. Muitas inovações significaram um período de transição que ao final se mostrou produtivo e positivo. Dessa vez não será diferente.

E em meio a essa revolução, o resgate do humano por meio de suas habilidades e competências será de fundamental importância para a gestão e a transformação desse mercado de trabalho. Habilidades como criatividade, colaboração, senso de comunidade, capacidade de experimentação, inteligência emocional, empatia e espírito empreendedor já estão sendo colocadas como parâmetros e critérios de recrutamento e seleção em empresas que já perceberam que a tecnologia não pode prescindir de mentes humanas gerenciando todo o sistema. Aqui na PGMais acreditamos que unir o que existe de mais inovador em tecnologia com o melhor do ser humano é o caminho para o progresso. Nossos produtos e soluções são o resultado dessa sintonia.

O mercado de trabalho ainda vai mudar muito, mudando a própria relação do homem com o trabalho e não há o que se possa fazer para impedir isso. O que devemos fazer é mudar juntos, estar preparados para esse novo mercado, prestando atenção às transformações, buscando cada vez mais conhecimento e aproveitando as oportunidades que surgem ao nosso redor, porque são elas as sementes do nosso futuro.